Homem é preso após assassinar esposa no interior de Suriname.

O caso aconteceu em Antônio do brinco no inteiror do país. Segundo testemunhas o casal vinha sofrendo com instabilidade matrimonial e após um dos desentendimentos o próprio marido golpeou a esposa várias vezes e a matou.

O casal tinha dois filhos juntos que após a morte da mãe e a prisão do pai as crianças ficaram aos cuidados de pessoas da região até que familiares venham para resgata-los.

Segundo relatos de pessoas próximas não é a primeira vez que o assassino comete agressões contra mulheres.

O homem foi preso em flagrante pela polícia Surinamesa. No momento que o assassino estava sendo levado ao barco, populares tentaram o agredir com pedras e indignados gritavam por justiça.

Em um áudio que foi divulgado nas redes sociais a vítima relata que estava sofrendo calúnias, que pessoas falavam sobre sua conduta, porém ela fazia de o máximo para provar sua lealdade ao marido. No áudio ela diz era trinta anos mais nova que o esposo e por isso ela sempre precisou provar que estava com ele por amor e não por interesse. Na mensagem antes de ser assassinada, a vítima confiante disse: “eu tenho em marido que me entende muito…“.

Este é mais um dos inúmeros lamentáveis casos de mulheres brasileiras assassinadas e vítimas de agressão em Suriname.

REBOTE DO CORONAVIRUS EM  SURINAME: o não cumprimento das regras pode gerar um problema ainda maior e catastrófico ao país.

Muitas pessoas se esquecem que o CORONAVIRUS MATA.


Assim é clara e contundente a perigosa realidade de um ressurgimento da grande onda do vírus associados ao não cumprimento das medidas de proteção aqui em Suriname.


Durante a sessão de hoje, a equipe F4 News percorreu as ruas da cidade observando o nível de relaxamento e imprudência de algumas pessoas.

Infelizmente confiantes, as pessoas esquecem que o país está sendo atingido por uma pandemia global e sem manter um mínimo de cautela e prudência circulam desprotegidas em lugares públicos colocando em risco suas vidas e de seus semelhantes.

Como se nada estivesse acontecido, muitos caminham juntos, alguns se abraçando e sem máscaras.

Cada pico que aparece nos gráficos estatísticos é produto da violação de medidas higiênicas e preventivas, causando aumento de infectados, principalmente em Paramaribo, capital do país.


Diante da irresponsabilidade e indolência de alguns, toda a sociedade está em risco. Aqueles que obedecem as leis e respeitam as regras sofrem juntos com aqueles que vivem como se não houvera o amanhã.


A situação atual pode mudar a qualquer momento, e o panorama epidemiológico que permanecia favorável até poucos dias atrás pode se tornar muito adverso se essa atitude negligente continuar por parte de pessoas que não amam e não respeitam a sua vida ou a dos outros.


Se os cidadãos não levarem a sério o perigo real, manchetes muito desanimadores nos informarão da tragédia que está por vir. Se continuar assim, novos surtos aparecerão e muitas famílias ficarão sem seus idosos. O Suriname pode se tornar um país sem avós.

CUBANO MORRE DEVIDO A UM ACIDENTE DE TRÁFEGO NO CENTRO DE PARAMARIBO


O cubano José Rodríguez Muñoz, de 34 anos, natural de Villa Clara, ferido após uma colisão com um carro na quarta-feira, 16 de setembro, morreu na quarta-feira, 23 de setembro, no Hospital Acadêmico.

O acidente ocorreu na esquina da Crommelinstraat com a Lothlaan, no Suriname Central.
Rodríguez Muñoz estava dirigindo por Lothlaan e não cedeu ao motorista do veículo na Crommelinstraat. O motorista da motocicleta foi levado ao hospital de ambulância.


Esforços serão feitos por amigos e familiares para decidir onde seus restos mortais irão permanecer.

A Unidade de Trânsito da delegacia de polícia do Centrum está investigando o caso, segundo relatório do Departamento de Relações Públicas da Polícia.
Estenda a mão à família e amigos de José, as mais sinceras condolências.

Um adolescente afogado em Blanche Marievallen será cremado no domingo

Dhierin Soerdjbali, 15, que desapareceu nas profundezas de Blanche Marievallen no Suriname na tarde de sábado, 19 de setembro, será cremado no domingo.
Na mencionada tarde de sábado, segundo a polícia do Suriname, Diren estaria em Mother Fall, quando foi levado pelo rio Nickerie e desapareceu nas profundezas.
Uma busca começou imediatamente e continuou nos dias seguintes, e na segunda-feira de manhã seus restos mortais foram finalmente encontrados e removidos da água.
O aluno da escola Shri Hanuman em Wanica será cremado no domingo, 27 de setembro em Uitkijk.

URGENTE: 6 MORTOS DESDE A ATUALIZAÇÃO DA NOITE DE ONTEM, 83 NO TOTAL.

O número de mortes no Suriname é bastante alto em comparação com a Guiana Francesa, onde há 9.322 positivos. No país vizinho, foram registradas 62 mortes.

No Suriname, há 4.320 positivos e o número de mortos subiu para 83. Muito mais vidas estão sendo perdidas no Suriname em comparação com o país vizinho, não está claro para os médicos daqui porque nenhum detalhe é conhecido.

A equipe da Covid afirmou anteriormente que 40% das pessoas que morreram tinham pressão alta e diabetes. Mais pessoas morrem por causa das doenças subjacentes do que se estivessem infectadas apenas com o vírus corona. O governo e a Comissão da Assembleia estão agora avaliando a situação de Covid. Será examinado se alguns setores podem ser iniciados com base em protocolos que foram desenvolvidos.

Starnews*

SURINAME TEM 1 NOVA MORTE, 66 CASOS E 46 CURADOS

Outro paciente morreu no Suriname de COVID-19, elevando o número de mortos para 73, de acordo com o site oficial nacional.
Nas últimas 24 horas, 66 pessoas testaram positivo para o coronavírus e 46 foram declaradas curadas. O número de infecções desde o surto no início de março subiu para 4.215 com os novos casos.
Existem atualmente 824 casos ativos.

VACINA CUBANA CONTRA CORONAVIRUS É APLICADA A 20 PESSOAS SEM CAUSAR EFEITOS ADVERSOS

As primeiras 20 pessoas vacinadas há 48 horas com a vacina Cuban Soberana 01 não apresentaram sintomas adversos, apenas uma leve dor foi registrada no local da injeção, efeito colateral comum a todas as vacinas.

A segunda etapa do estudo, que começou na última segunda-feira, está prevista para 11 de setembro, quando 676 voluntários entre 19 e 80 anos terão sido vacinados. Os resultados estarão disponíveis no início do próximo ano, informaram as autoridades da ilha.

Atualmente, Cuba administra 11 vacinas (oito de produção nacional), com uma média de 4 milhões 800 mil doses anuais de imunógenos simples ou combinados que protegem contra 13 doenças, e a cada ano supera 98 por cento da cobertura no país, proporcionando população com alto nível imunológico.

Cuba está em 30º lugar entre os mais de 200 candidatos a vacinas contra Covid-19 que estão sendo desenvolvidos no mundo.

O centro de diálise Nickerie fecha suas portas como resultado da visita de um paciente infectado com COVID-19

O centro de diálise do Mungra Medical Center no distrito de Nickerie está fechado às quintas-feiras depois que uma mulher trazida para as instalações deu positivo para COVID-19.
O prédio será desinfetado e limpo ao longo do dia. A mulher está atualmente no hospital para tratamento médico.
Na noite de quinta-feira, foi relatado que em 24 horas houve 4 novas mortes e 69 novas infecções no Suriname. Desde o início da pandemia, 2.893 pessoas foram declaradas curadas.

CORONAVIRUS EM SURINAME: 62 óbito e 23 pacientes em UTI.

O número de mortos no Suriname como resultado da pandemia subiu para 62 na quarta-feira, de acordo com o contador do site oficial do COVID-19. 151 pessoas também foram testadas e 26 novos casos foram relatados.
44 pessoas foram curadas, o número de pacientes em uma Unidade de Terapia Intensiva aumentou 3 casos indo para 23 em relação a ontem.
De acordo com a epidemiologista Ingrid Krishnadath, o vírus está se espalhando por quase todo o país. A maioria das infecções em Paramaribo, parte de Welgelegen.

Coronavírus é transmitido também por mosquitos ?

Não. Embora os mosquitos possam transmitir algumas doenças, especialmente a malária, os especialistas dizem que o COVID-19 não está entre eles.
Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos afirmam não ter dados que sugiram que o coronavírus seja transmitido por mosquitos ou carrapatos. COVID-19 é transmitido principalmente de pessoa para pessoa por meio de gotículas que as pessoas borrifam quando falam, tossem ou espirram. E a Organização Mundial de Saúde afirma que uma picada de mosquito não transmite o vírus para você.