Plenário aprova nome do novo Embaixador brasileiro em Suriname.

O Senado aprovou nesta quarta-feira (23) a indicação do diplomata José Raphael Lopes Mendes de Azeredo para chefiar a embaixada do Brasil no Suriname. O nome dele obteve 38 votos favoráveis e três contrários em sessão deliberativa semipresencial do Plenário.

A indicação de Mendes de Azeredo havia sido aprovada pela Comissão de Relações Exteriores (CRE) na última segunda-feira (21). O relator da mensagem presidencial da indicação (MSF 21/2020) foi o senador Jarbas Vasconcelos (MDB-PE). Durante sabatina no colegiado, o diplomata salientou que o Brasil deve considerar o Suriname um importante parceiro estratégico, especialmente na área de defesa e segurança. Ele lembrou ainda que há de 15 mil a 30 mil brasileiros residentes naquele país, a maior parte em condições precárias. – São, em sua maioria, brasileiros que trabalham indocumentados.

São brasileiros que trabalham praticamente na área de garimpo e precisam muito da assistência brasileira, da assistência da embaixada, não só através do setor consular em Paramaribo, mas através também da realização de missões de consulados itinerantes para as áreas remotas da floresta onde se encontram afırmou.

O fluxo comercial com o Suriname atingiu US$ 36,6 milhões em 2019. Houve um saldo favorável de US$ 34,6 milhões para o Brasil, que importou principalmente arroz e exportou máquinas mecânicas e elétricas, carnes, calçados, cerâmicos, preparações de cereais, automóveis, obras de ferro ou aço e móveis.

José Raphael Lopes Mendes de Azeredo nasceu no Rio de Janeiro e tem 52 anos. Ele é formado em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília (UnB) e ingressou na carreira diplomática em 1991. Atuou na representações do Brasil em Buenos Aires (Argentina), Organização das Nações Unidas (ONU) e Lisboa (2016). Desde 2019, é ministro-conselheiro na Embaixada em Ottawa (Canadá).

Fonte: Senado notícias