domingo, outubro 17, 2021
Início Suriname Agora PRODUTOS ATINGEM PREÇOS ABUSIVOS EM SURINAME

PRODUTOS ATINGEM PREÇOS ABUSIVOS EM SURINAME


Com o aumento das compras de combustíveis pelo governo no Suriname, não deveria acontecer que os preços nas lojas subissem de forma tão escandalosa. O Ministério da Economia, Empreendedorismo e Inovação Tecnológica investigou o assunto e constatou que dos preços dos produtos nas lojas, cerca de 2% a 5% deles são gastos com combustível. Portanto, o aumento de preços não deve ser exorbitante, mas é evidentemente manipulado por alguns bandidos sem escrúpulos.

Em conversa com o Serviço de Comunicações do Suriname (CDS), a ministra Saskia Walden pede à população que fique atenta à evolução dos preços. Se forem encontrados abusos, não hesite em denunciá-los pelos números 1940 ou WhatsApp 8530915. O Serviço de Controle Econômico (ECD) tratará das reclamações.
O ministro não vai tolerar que a sociedade seja vítima de aumentos desenfreados de preços. Dentro do ministério, está examinando como os membros do conselho local e distrital podem ser destacados para ajudar a controlar a seção de preços. Se as instruções do governo não forem seguidas, o ministério não hesitará em agir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

128 testes e apenas 6 positivos para covid-19 no Suriname

Hoje, 13 pessoas foram declaradas curadas. 4 pacientes deram entrada nas Unidades de Terapia Intensiva do Hospital Acadêmico...

Lockdown parcial flexibilizado para às 22h durante a semana.

Durante o fim de semana, o horário também foi prorrogado em uma hora, para as 20 horas. Isso acaba de ser...

16 novas infecções por Covid-19 hoje em Suriname

Hoje, 14 pessoas foram declaradas curadas. 5 pacientes são atendidos em Unidades de Terapia Intensiva. 23 pacientes foram...

Possível ajuste de medidas; escolas estão autorizadas a abrir.

"Uma vez que a tendência e os desenvolvimentos em relação ao COVID-19 funcionaram favoravelmente nas últimas semanas, é realmente hora de pensar...

Recent Comments